Blog

Como manter a segurança em áreas externas com piscina


As áreas externas com piscina são uma ótima escolha para melhorar ainda mais a sua área de lazer. Com os dias quentes ou não, ter uma piscina à disposição para aproveitar os fins de semana com os amigos e família é sempre bom. Porém, a área em volta da piscina precisa de uma atenção especial, principalmente se têm crianças na casa.

Por ser um ambiente que está constantemente molhado, os riscos de escorregões são frequentes. Portanto, no texto de hoje, vamos te mostrar como manter a segurança em áreas externas com piscina. Confira!

Dica para manter a segurança em áreas externas com piscina

1. Iluminação

Essa dica serve essencialmente para a segurança à noite. Apesar das áreas externas com piscina serem utilizadas principalmente durante o dia, em algumas ocasiões ela pode ser utilizada à noite. 

Seja qual for o motivo, é importante manter o ambiente iluminado para evitar acidentes. Por ser uma área úmida é preciso ainda mais que o chão esteja bem visível. Além de evitar acidentes, é um ótimo recurso para decoração.

2. Cercas 

Cercar as áreas perigosas da parte externa é também uma forma eficiente de manter a segurança no local. É possível, por exemplo, cercar a piscina ou até mesmo outras partes da área como a churrasqueira.

Portanto, qualquer área que cause um certo risco ou que você deseja preservar, o uso de cercas é uma opção.

Essa dica serve principalmente para crianças, mas também para os animais. Escolher a altura ideal é importante para evitar que eles escalem ou pulem pela cerca.

3. Bordas

Podemos considerar a borda da piscina como a área mais perigosa da piscina. É natural que ela esteja sempre úmida, e ao passar por ela os riscos de escorregar são altos.

Há diversas opções para a borda da sua piscina ser a mais segura possível. O importante é escolher bordas que sejam antiderrapante e atérmicas, que não conservam o calor que recebem.

Outra dica é proibir os famosos pulos na piscina! Apesar de ser uma dica óbvia, é importante que os adultos passem um bom exemplo para as crianças. 

4. Piso

O piso da área da piscina deve ser escolhido com cuidado por ser o principal motivo das quedas no local. Não é apenas na borda que o piso fica úmido ou molhado, nas áreas ao redor da piscina isso também acontece. 

Isso é comum pois ao sair da piscina, espalhamos a água por todos os lados. E não, não precisa sair da água e imediatamente pegar a toalha! Instalar um piso que garanta a segurança em áreas externas com piscina é o suficiente.

Para isso, escolher um piso antiderrapante é o requisito básico ao escolher um piso para os arredores da sua piscina. Os pisos antiderrapantes possuem superfícies que oferecem mais resistência ao escorregamento.  

Outro requisito importante é o piso não acumular o calor. Nos dias quentes os pisos costumam absorver o calor, o que se torna um incômodo para nossos pés.

Além disso, escolher um piso que seja permeável é outro requisito essencial. Com essa função, a água da piscina que costuma sair para fora não ficará acumulada no piso. Dessa forma, os riscos de escorregões se tornam ainda menores.

Por isso, te convidamos a conhecer o piso modular! Este piso é impermeável, antiderrapante e atérmico, perfeito para áreas externas com piscina. Confira no site esse e outros benefícios do piso modular. 

Gostou das dicas? Então não deixe de conferir nossas redes sociais, Facebook e Instagram para receber mais conteúdos como este!

Fale com um especialista

Receba novidades em seu e-mail

    %d blogueiros gostam disto: